domingo, 5 de agosto de 2007

Barzinhos

Barzinhos vendem porções temperadas com Djavan, sempre tem aquela loura "fofa", que ligeiramente bêbada pede flor de Liz, grita que a música é dela e dança atrapalhando os garçons...

A cada dez barzinhos, nove e meio tem um casal com cara, frases, e gosto de fim de namoro.

Barzinho tem sempre alguém na fossa.

Tem sempre alguém que foi empurrado até lá (NÒS).

Gostamos de música brasileira, mas as dos barzinhos não mudam, são como vitrolas ligadas na mesma freqüência.

Barzinho não te deixa relaxar, você entra e todos olham, você até se segura pra não ter que ficar indo ao banheiro depois do segundo copo de cerveja. (isso no caso das mulheres do Grupo)

Barzinhos cobram porções de batatas referente ao preço de sua tonelada.

Dá sono.

Dá frio.

Dá virose. (esta parte é teoria, as outras são comprovadas)


Barzinho é cruel. Por isso somos do BOTECO!


PS COMERCIAL : este é o primeiro post de um outro blog www.ombudsmansnoboteco.blogspot.com